terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Informativo

Olá Amigos!

Tendo em vista que estamos passando por uma fase bastante corrida.
Resolvemos ter uns dias de férias do Blog Espaço Aberto.

Estaremos junto a vocês através do nosso blog individual.

Assim que voltarmos,avisaremos a todos!


Um abraço carinhoso



Tocando em frente


Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Eu só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz


(Almir Sater e Renato Teixeira)

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Resultado do Concurso de Natal...





Olá Amigos...
A difícil missão de escolher os finalistas do Concurso de Natal chegou ao fim...
Todos os trabalhos foram maravilhosos. Por essa razão a escolha ficava cada vez mais difícil.
Contudo, conseguimos chegar a um consenso e após análise rigorosa, nós decidimos que:

Duas postagens chamaram muito a nossa atenção devido à riqueza da história, a solidariedade e principalmente ao toque essencial dado ao tema Natal, por essa razão destacamos com menção honrosa os Blogues:   




Agora, de acordo com a classificação... Vamos aos finalistas:


Em 1º Lugar ficou o Blog: Rumo à escrita

Em 2º Lugar ficou o Blog: Pensamentos 

Em 3º Lugar ficou o Blog: Os meus ensaios


Parabéns aos três finalistas!!! 
 





Mais uma vez, agradecemos a todos os participantes e ressaltamos que cada um de vocês fez esse concurso se tornar mais rico, mais humano, mais solidário, mais amor que é o que o nosso planeta tanto precisa. 

Obrigada a todos de coração!




"Se eu pudesse deixar algum presente a você,
deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos, como sinais
para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável:
alem do pão, o trabalho e a ação.
E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria se pudesse, um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída.”

Mahatma Ghandi


quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ano Novo... Postagem Nova!




Olá Amigos...

Mais um ano está iniciando
e junto a ele tantos planos, metas e sonhos...

Esperamos que todos tenham tido boas festas
e estejam com as energias renovadas para o novo ano.

Devido as festas e viagem...
Tivemos um pequeno atraso na escolha
dos finalistas do Concurso.
(Que missão difícil!!!)

Em breve será divulgado e todos os prêmios enviados...

Aguardem!

Enquanto isso...  Compartilhamos com vocês um belo texto.

Beijos com carinho.



O Paradoxo do Nosso Tempo



Nós bebemos demais, gastamos sem critérios.
Dirigimos rápido demais,
ficamos acordados até muito mais tarde,
acordamos muito cansados,
 lemos muito pouco, assistimos TV demais
e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens,
mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais,
 amamos raramente,
odiamos freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver,
mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida
e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua,
mas temos dificuldade em cruzar a
rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas
não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores,
 mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma;
dominamos o átomo,
mas não nosso preconceito;
escrevemos mais, mas aprendemos menos;
 planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar
e não, a esperar.

Construímos mais computadores
para armazenar mais informação,
produzir mais cópias do que nunca,
 mas nos comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do 'fast-food'
e da digestão lenta;
do homem grande, de caráter pequeno;
lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos,
 vários divórcios, casas chiques
e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas,
fraldas e moral descartáveis,
das rapidinhas, dos cérebros ocos
e das pílulas 'mágicas'.

Um momento de muita coisa na vitrine
e muito pouco na dispensa.

Uma era que leva essa carta a você,
e uma era que te permite dividir essa reflexão 
ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas
que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraç
o carinhoso
em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer 'eu te amo' 

à sua companheira (o)
e às pessoas que ama,
 mas, em primeiro lugar, se ame...
se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor,
quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua família
e as pessoas que estão ao seu lado, sempre.


George Carlin


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails