terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nosso Amigo Manu

 
Um dia eu caminhava pela estrada virtual e encontrei um blog que chamou a minha atenção.
Passei a visitar o espaço e a conhecer mais das palavras daquela pessoa até então desconhecida.
Meu coração não resistiu, em pouco tempo ficou encantado pela forma como o Poeta descrevia os seus sentimentos nos poemas e poesias.
Assim nasceu uma grande amizade, que mesmo diante da distância física se mantém intacta.
Muitos já conhecem o grande poeta Emanuel Lomelino o famoso “Manu”!
Ele lançou um livro recentemente e nos presenteou com alguns exemplares para sortearmos nas Postagens Coletivas.
Estamos felizes... Pois hoje o nosso Espaço Aberto tem o prazer de apresentar a todos um pouco do gigantesco universo do nosso amigo Manu.


Tatiana Moreira




EMANUEL Jesus Silva Freitas LOMELINO nasceu a 29 de Janeiro de 1972 numa casa em Camarate que já não existe por culpa do progresso. É o mais velho de três filhos de uma relação entre um alfacinha e uma minhota que acabou tragicamente há 30 anos. A paixão pela poesia ninguém sabe quando nasceu nem porquê, mas com os anos ela foi ganhando espaço até se tornar no que é hoje; uma parte importante da sua vida. Durante muitos anos, os poemas que escrevia ficaram escondidos dos olhares alheios tendo-se perdido uma fatia substancial da produção poética. Com a aquisição do computador, há pouco mais de três anos, por influência do amigo de infância, Paulo Santos (Tarota), começou a guardar os seus escritos mais antigos e a produzir com muito mais frequência. Em 2008, depois de criar um blogue sobre literatura e tomar conhecimento das potencialidades da internet, decidiu começar a divulgar a sua poesia na blogosfera e as reacções recebidas deram-lhe a motivação necessária para prosseguir esta sua viagem pelo mundo da poesia. Amador do Verso, o seu primeiro livro é apenas mais um degrau nesta escalada.




(Trecho das palavras de AUSENDA HILÁRIO no prefácio do livro do autor.)



Os caminhos cruzam-se quando as palavras se amam e nesse encontro, intuitiva e inevitavelmente, nasce sempre algo que cria raiz, raiz que em cada pulsar de segundo se torna mais forte, segura, prosperando em tantos sentidos, que outros caminhos se vão abrindo, multiplicando as palavras, os afectos e as vontades.
Foi este caminho, o certo, da minha amizade com o autor e foi esta a gestação do "AMADOR DO VERSO" agora nascido.

"AMADOR DO VERSO" e EMANUEL LOMELINO fundem-se num sentir uno, na sua escrita racional e táctil, de ausência de silêncios, onde a realidade das suas vivências e sentimentos é transportada para a poesia que, impulsivamente escreve, tornando-a espelho da sua própria alma, tão diáfana que através dela descobrimos o carácter indulgente, auto-disciplinado e confiante, do seu autor.


"em cada poema que faço acrescento mais um elo
numa corrente que sou eu, assim me apresento
em cada poema que escrevo ganho mais alento
sigo a ser o que era, nem mais feio nem mais belo"
 





Bom... Agora eu tenho uma surpresa para os nossos amigos. 

Aos que por aqui passar... 
Ler esta postagem e deixar um comentário no Blog do Manu, ao nos avisar deixando um comentário aqui no blog, estarão concorrendo a um dos livros ofertados por ele ao Espaço Aberto.



Manu... Obrigada de coração por sua presença e amizade em nosso blog!


Boa sorte amigos!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails