segunda-feira, 26 de julho de 2010

BLOGAGEM COLETIVA - TEMA: "SEMPRE AMIGOS"




Muito bem, pessoas, a blogagem coletiva deste mês é a seguinte:

Cada um que for participar deve procurar lá no iniciozinho de seu blog (assim no máximo nas duas ou três primeiras postagens) alguém que comentou em seu blog e que, por algum motivo, vocês não deram sequência nesta amizade. Ao mesmo tempo escolher um amigo deste mesmo período que até hoje faz parte ativamente da sua vida virtual, alguém que ainda te visita regularmente e vice-versa.No primeiro caso, vocês devem tentar reatar a amizade, convidando-o a participar desta blogagem. No segundo, reforçar ainda mais os laços de amizade que os uniram neste tempo de existência de seus blogs convidando-o também para participar. Além disso, fazer um post em seus respectivos blogs nos apresentando esses dois amigos. Podem homenageá-los, podem fazer festa, podem usar e abusar da criatividade, pois a intenção é unir ainda mais os amigos e formar uma corrente que nos aproxime ainda mais uns dos outros, pois os que foram convidados deverão fazer o mesmo. Esperamos, assim, que todos possam reforçar e aumentar seus laços de amizade.

E se quiserem contactar mais amigos, tudo bem. É por conta de vocês!

A blogagem coletiva tem início hoje, dia 26 de Julho, e irá até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 31 de Julho, sábado. Estamos especificando a data porque, no dia 1 de Agosto, sortearemos um livro da Bruna Longobucco, que fez o post anterior neste blog. Participarão do sorteio os que fizerem os seus posts e inserirem o seu link neste post dentro do prazo determinado.

* Importante! A regra para participar do sorteio é inserir o link do post de vocês. Não vale deixar apenas nos comentários.


Não se lembra como inserir? CLIQUE AQUI.

Esperamos que tenham gostado da proposta e que participem!


quinta-feira, 22 de julho de 2010

Bruna Longobucco - Novos autores e falsas propostas editoriais




Olá Pessoal... É com imenso prazer que recebemos hoje em nosso blog a participação da grande escritora Bruna.
Ela nos fará compreender um assunto de grande importância, que merece a atenção de todos nós que gostamos de escrever.
Espero que seja de grande valia para todos, como foi para nós!

Um abraço carinhoso,

Equipe do Blog Espaço Aberto

OBS: A Bruna  nos doou um livro de sua autoria, autografado, para ser sorteado na próxima "Postagem Coletiva". Não deixe de participar!



Biografia:
Filha de imigrantes italianos, Bruna Longobucco nasceu em 10/04/1978, na cidade de Belo Horizonte/MG. Desde a infância interessou-se por Literatura e escrever veio como um dom natural. Em 2004 começou a divulgar seus trabalhos. Além de ter suas obras presentes em diversos sites literários, entre seletivas e concursos, já participou de mais de trinta antologias e de outras publicações, como artigos em jornais. Como autora independente, lançou seis livros: O menino que tecia sonhos (CBJE, 2004); Além das nuvens (Escritório de Histórias, 2005); Luz do sol (CBJE, 2006); O vale da liberdade (Editora Protexto, 2007); Um outro olhar (CJBE, 2008) e Sem Destino (Ixtlan, 2009). Em 2010, seu romance sobrenatural "Centúrias" integrou a Coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira da Editora Novo Século. Graduada em Comunicação Social e Direito, Pós-graduada em Revisão de Texto, é autora de poesias, contos, crônicas, romances e músicas.





Novos Autores e falsas propostas editorias 

Se cada atitude que tomássemos viesse com uma bula, na qual constasse a desilusão como efeito colateral, pensaríamos muito antes de empreender qualquer passo. Mas isso levaria nossa espontaneidade, a possibilidade de aprendizagem e a experiência não têm preço.
Porém, é preciso ser cauteloso. Alguns novos autores como eu, colegas que interagem pela rede, acabam entrando de cabeça em certas “canoas furadas”, deixando prevalecer apenas o sonho de publicar seu livro. Tais impulsos distorcem a realidade. Podemos cair de amores por qualquer proposta em relação à nossa obra (pois, como sabemos, não são muitas), a ponto de assinarmos um contrato ignorando o direito de autor. Parece improvável? Eu sei, mas acontece. É claro que no Direito as interpretações são diversas e cabe contestação, o que não deixa de ser um desgaste, porque nem sempre é fácil enfrentar um processo.
Está certo que Nossa Constituição Federal, ao disciplinar a propriedade intelectual, dispõe no artigo 5º, inciso XXVII: “aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, transmissível aos herdeiros pelo tempo que a lei fixar"
Nos termos da lei autoral (Lei nº 9.610/1998), “pertencem ao autor os direitos morais e patrimoniais sobre a obra que criou.” Os direitos morais não se desvinculam da pessoa do autor, fato que permite a reivindicação da autoria da obra, a qualquer tempo (artigo 24, inciso I).
No entanto, os direitos patrimoniais são negociáveis. É o que representa o artigo 49, do mesmo diploma legal: “Os direitos de autor poderão ser total ou parcialmente transferidos a terceiro, por ele ou seus sucessores, a título universal ou singular, pessoalmente ou por meio de representantes com poderes especiais, por meio de licenciamento, concessão, cessão, ou por outros meios admitidos em Direito, (...).”
Esclarece ainda o artigo 53: Mediante contrato de edição, o editor, obrigando-se a reproduzir e a divulgar a obra literária, artística ou científica, fica autorizado, em caráter de exclusividade, a publicá-la e a explorá-la pelo prazo e nas condições pactuadas com o autor. É justamente aí que podemos nos complicar se formos incautos. 
Assim, embora a autoria seja perpétua e, num primeiro momento, é o autor o titular dos direitos autorais de sua obra, no que se refere ao aspecto patrimonial, nem sempre o criador intelectual mantém a titularidade desses direitos, pois são limitados no tempo, podendo ser objeto de transações.
Laura Bacellar, que trabalha com editoras desde 1983 e possui vasta experiência no assunto, em seu site, “Escreva seu livro”, fez um post sobre “Editoras que não são editoras”. Acho que todos do meio deveriam lê-lo. Ela fala não exatamente o que gostaríamos de ouvir, mas o que precisamos saber.
Infelizmente, muita gente se aproveita dos sonhos dos outros. Faz da vontade um mercado lucrativo. Às vezes, a distribuição que a editora oferece e enche nossos olhos, leva um exemplar para cada livraria (quando leva), um volume escondido entre tantos outros que estão na estante. Significa que o esforço de venda e divulgação fica por conta do autor, assim como na publicação solo. Ora, uma proposta indecente de publicação, disfarçada de "grande oportunidade", inclui nada além do que uma editora prestadora de serviços faria (dessas em que podemos imprimir sob demanda), aliás, é muito menos, porque enquanto seu original não está amarrado num contrato em que alguém detém direito exclusivo de publicação, você é livre para fazer suas próprias escolhas e, como autor independente, obter retorno do que investe e não apenas uma porcentagem insignificante sobre o preço da capa do livro que ainda que não saiba, financiou, ou mesmo, nenhuma porcentagem.


domingo, 18 de julho de 2010

DICA DE LIVROS



Oi, gente! E aqui estou eu novamente. Desta vez, pra dar a dica de mais dois livros pra vocês lerem. Já falei sobre eles no meu blog de livros. Quero lembrar aqui que eu não sou nenhuma crítica literária. Apenas gosto de falar sobre os livros que leio e dar a minha opinião. Então, preparem-se para terem a curiosidade atiçada a respeito de "A Vida Secreta das Abelhas" e "A Paixão de Maria Madalena". Espero que gostem! :)





O mundo de Lily, uma menina de 14 anos, marcado pela dor e pela morte de sua mãe. Diante de um momento crítico, em que a única pessoa que lhe resta está em perigo, é que Lily vai iniciar sua aventura, uma experiência que a abrirá finalmente para o amor. Um romance sobre o autoconhecimento, no qual a solidariedade humana é a abelha rainha que congrega todos os corações à sua volta.
_____________________

Que história fantástica!
O romance tem como pano de fundo os conflitos raciais dos anos 60.
Com uma narrativa envolvente, a autora faz um paralelo entre a vida das abelhas e a história de Lily. Além de um romance cativante, o livro nos fornece uma grande riqueza de detalhes sobre as abelhas e seu modo de vida, o que nos faz admirá-las também.
Minha personagem preferida nessa trama foi August, que sempre tem uma palavra de sabedoria e de consolo em seus lábios. Nunca vou me esquecer de algo que ela disse a Lily: Há que se persistir no amor.
Me lembrei muito de Tomates Verdes Fritos ao ler esse livro.
Adorei! Recomendadíssimo!
E é claro que, como todo bom livro, o romance virou filme. Segue o trailer abaixo. Um dos poucos filmes baseados em livros que eu gostei. Mas o livro é sempre muito melhor.






                                       ____________________________________________




Juan Tafur revela a vida pública e privada de Jesus Cristo e questiona as verdades oficiais da Igreja Católica, jogando luz a passagens ambíguas ou ausentes dos evangelhos canônicos: Quem eram, realmente, Jesus de Nazaré e seu pai José? Onde conheceram Lázaro? Jesus foi verdadeiramente julgado e condenado por Pilatos? Morreu na cruz? Qual era a relação entre Maria Madalena e Jesus e o que aconteceu com os dois depois que ele morreu?
Este livro não é mais um nesta linha e sim um livro que trata da história de Maria Madalena, seu romance e, principalmente, por que é relatado dos apócrifos não autorizados pela igreja católica.
______________________
Quando comprei esse livro, foi por curiosidade e confesso que não acreditava que fosse muita coisa. Afinal, foi de uma promoção, me custou dez reais... rs. Achava que era mais uma obra fantástica e fantasiosa respeito da vida de Cristo. E que bom que eu estava enganada.
A Paixão de Maria Madalena é um livro escrito exatamente como diz o nome: com paixão. Juan Tafur transcreveu os escritos pelas mãos de Maria, irmã de Lázaro e Marta. Um romance delicioso de se ler. Eu lia devagar porque queria que demorasse a acabar. Impossível não se deixar encantar pelas palavras de Maria, pelo modo como descreve seus sentimentos, sua vida, as coisas em que acredita e, principalmente, seu amor desmedido por Isa. Uma mulher forte, firme e, ao mesmo tempo, tão frágil, sensível, apaixonada.
Uma história envolvente e apaixonante, que nos revela um Cristo humano que ria, chorava, que tinha amigos e, como qualquer outra pessoa, seus conflitos interiores.
A maior e mais linda história de amor. O livro que tornou-se o número 1 da minha estante e que, certamente, será relido ainda muitas vezes.
______________

Bom, gente, por hora é isso. Se alguém ler um desses livros, ou dos outros dois que já recomendei AQUI, depois me conta o que achou. Quero muito saber. Bom domingo e ótima semana pra todo mundo!

Beijos!
Sanzinha.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

SAÚDE


Mais uma vez, estamos aqui com a nossa querida Carmem, do blog Eu Sei Que Vou Te Amar, para falar sobre saúde. Como ela já é de casa e muito querida por nós, não precisa de cerimônia e dispensa apresentações, né, Carmensita? 
Esperamos que gostem do assunto.

Beijos a todos!






OBESIDADE INFANTIL X FATORES PSICOLÓGICOS
Por Carmem Vilanova

O assunto obesidade infantil é um dos quais eu não me canso de falar por ser algo tão atual e tão real nos dias atuais e lendo outro dia um texto que falava sobre o assunto obesidade x fatores psicológicos, observei que há algumas coisas bem interessantes a respeito do tema e que quero, hoje, deixar aqui como um sinal de alerta.

A obesidade é, sem dúvida, um dos maiores desafios para os médicos do mundo inteiro. E, embora não paremos para pensar muito no assunto, pode ser causada, também por
problemas psicológicos.

O estresse, a ansiedade, a depressão, além de problemas endocrinológicos podem levar uma criança-adolescente à obesidade, principalmente se não forem detectados a tempo pelos pais.

O prazer da comida é uma das tentativas de compensar frustrações e muito comum em qualquer faixa etária. Na criança é ainda pior, pois como esta sensação dura um período curto e ela não tem noção de limites o mais provável é que comece a ingeir um alimento logo após outro para esquecer os sentimentos ruins.

"Este quadro pode ser resultado de falta de afeto dos pais ou outros familiares, algum tipo de rejeição dos colegas da escola ou o fato da criança não se sentir emocionalmente
preparada para lidar com o que lhe exigem
", explica a psicóloga Silvana Martani, da equipe de endocrinologia da Beneficência Portuguesa de São Paulo.

A cultura brasileira pode estar diretamente relacionada à obesidade infantil uma vez que hoje em dia a maioria das crianças tem uma programação semanal cheia de atividades e pouco tempo de intervalo entre cada uma delas. Muitas vezes os jovens saem da escola e vão direto para os cursos, seja inglês, judô, ballet, etc. e o mais provável é que a se sintam pressionadas por esta rotina atribulada que pode gerar estresse, ansiedade ou mesmo depressão.

Já o oposto, a rotina sedentária, é igualmente nociva pelo fato de que a criança passa a maior parte do seu dia na frente da televisão, jogando vídeo game ou no computador sem desempenhar nenhum tipo de atividades físicas, o que pode acarretar em um sentimento de solidão por não ter contato com crianças de sua idade.

Em ambos casos a criança sente falta do vínculo familiar e isso gera, indiscutivelmente,
desequilíbrios psicológicos que podem causar a obesidade infantil. A esse fator, somamos o aumento do consumo de alimentos gordurosos e calóricos, muitas vezes influenciados pelos maus hábitos dos pais e/ou familiares, os quais é comum utilizarem os alimentos (principalmente os doces) como uma forma de compensar o pouco tempo que dispõem para ficar com os filhos. E isso se torna uma bola de neve que para controlar pode ser mais difícil.

Para tratar este mal os pais devem procurar, inicialmente, um endocrinologista para verificar os aspectos físicos que possam justificar o surgimento desta enfermidade. Casos estes aspectos sejam inexistentes, e havendo dificuldade na perda de peso mesmo após um controle hormonal é importante que os pais busquem, imediatamente, o acompanhamento de um psicólogo pois podem haver causas emocionais por trás do problema.

Vamos ficar de olho!
Nossas crianças são nossa responsabilidade! Vamos oferecer VIDA a elas!
Ao descuidá-las estamos, indiretamente, matando-os dia a dia e acredito que esta não é nossa função principal, de pais!

Paremos para pensar...






sábado, 10 de julho de 2010

ESPAÇO EDUCAÇÃO




Oi, gente!
O tema do blog, hoje, é Educação. E o convidado da vez é o Valdeir, do blog Ponderantes, que vai falar sobre as dificuldades que os alunos das regiões mais carentes enfrentam para poderem chegar à escola todos os dias.

Valdeir mora em Feira de Santana (Bahia) e tem 37 anos. É professor de Português e orientador acadêmico de graduação. Gosta muito de escrever. Acredita na amizade como uma força transformadora.
Nosso amigo tem uma visão muito especial sobre a educação no nosso país e faz sua parte para torná-la um pouco melhor.

Esperamos que gostem de mais essa participação!

Beijos!
Sanzinha.







Acesso à educação no Brasil: um direito relegado

Por Valdeir Almeida


São corriqueiras as notícias sobre a dificuldade das crianças quanto ao acesso à educação. Muitas delas moram na zona rural e andam muitos quilômetros a pé para chegarem à escola. Outras têm que atravessar o rio de balsa e depois percorrerem uma longa distância de ônibus para assistirem a um dia de aula.

Por que razão os governantes, em vez de gastarem milhões de reais em festas desnecessárias, não constroem prédios escolares nas regiões mais carentes? Afinal, são poucos os alunos motivados a estudar após passarem vários anos por essa via-crúcis.

Entretanto, só a construção de escolas não basta. A maioria dos Estados brasileiros propaga a queda no índice de analfabetismo, repetência e evasão escolar. Mas eles não mostram qual foi o caminho que levou a tal estatística.

Na verdade, o que há são melhorias quantitativas, elaboradas pelos governantes para mascarar um problema que eles próprios causaram. Por exemplo, na escola pública, muitos alunos reprovados e despreparados são matriculados na série seguinte; ciclo que se repete até o fim de sua vida escolar. Por isso, vemos estudantes semi-analfabetos no 6º ano do Ensino Fundamental, ou concluindo o Ensino Médio sem conseguirem compreender um texto por mais simples que seja (analfabetos funcionais).

Os estudantes brasileiros da escola pública são vítimas da incapacidade e corrupção governamentais. Assim, o acesso à educação permanece relegado: os alunos concluem todas as fases escolares, mas saem despreparados para disputar o mercado de trabalho. Isso, associado à falta de escolas em regiões carentes, exige uma urgente reforma no sistema educacional brasileiro.   
_______________

Para conhecerem mais nosso amigo, visitem o Blog Ponderantes

terça-feira, 6 de julho de 2010

MAIS UM TALENTO NA ÁREA



Nosso talento homenageado de hoje é o querido Cacinho, irmão dos outros talentos, Elcio e Edu. Uma família recheada de talentosíssimos artistas! [E eu que não sei nem desenhar casinha em folha de sulfite... kkkk].
Gente, deliciem-se com o dom do Cacinho. E quem quiser conferir mais do seu trabalho, pode visitá-lo no blog ANIMAÇÕES ou no seu canal no YOUTUBE.

Beijos!
Sanzinha.




CACINHO é graduado pela Faculdade de Cinema e TV da Universidade Salgado de Oliveira – UNIVERSO/ Juiz de Fora, desenhista autodidata, nascido em Barra do Piraí/RJ, e desde 1989 expõe seus trabalhos de caricaturas e charges em salões de humor pelo país.
Durante sua formação na faculdade, foi responsável pelo Núcleo de Animação da Groia Filmes, onde trabalhou como Free Lance dirigindo várias animações comerciais e institucionais até 2007, quando então, abriu sua própria produtora, a  AGente QUE FEZ – ANIMAÇÕES, em Juiz de Fora/MG, ministra oficinas e cursos de animação e vem participando em festivais e concursos audiovisuais. É Filiado na ABCA – Associação Brasileira de Cinema de Animação e a  AMAV – Associação Minas Audio Visual.






Filmes de curta metragem premiados

* Coisa de Pele – Animação – 2009 – Direção, Roteiro, Arte  



 

- Prêmio Originalidade no V LOCOMOTIVA – Festival Nacional de Animação de Garibaldi/RS- 2010
 

 ____________________

 * O Náufrago e a SereiaAnimação – 2008 – 4’:32” – Direção, Roteiro, animação.
- Melhor animação Brasileira Prêmio Porta Curta Petrobras no FIAE 2008.

* A História de João das Alfaces - Animação – 2007 - 15’– Roteiro, Direção e Arte


- Melhor Roteiro – I Festival de Cinema UM NOVO OLHAR – Ribeirão Pires/SP – 2010
- Melhor filme – WEB Cine Banana – I Festival de Cinema On-Line, Sorocaba/SP 2008
- Homenagem Especial pela Mensagem Educativa – Festival de vídeo e mostra de Cinema de Guaíba/RS – 2008

_____________________________

* Samba Morena – Animação – 2008 - 3’– Roteiro, Direção e Arte;  




- Selecionado no concurso do Conexão VIVO para fazer parte do DVD a ser lançado em 2008.
-
2º colocado no III ANIMASERRA – Teresópolis/RJ - 2008
 

 _______________

* Reciclando Idéias – Animação – 2007 – 3’ – Roteiro, Direção, Arte e Edição
- Melhor Animação – Festival de vídeo e mostra de Cinema de Guaíba/RS – 2007
- Seleção Oficial da Mostra Internacional de Cinema e vídeo ambiental de Nova Friburgo/RJ – 2007
- 5º colocado – II ANIMASSERRA – Teresópolis/RJ - 2007

 * Viagem à Lua - Animação - 2006 - 2' 27" - Roteiro, Direção, Arte
- 3º colocado nos Festivais II ANIMASERRA, em Teresópolis e Primeiro Plano em Juiz de Fora, ambos em 2007

 * A Volta do Trem das Onze  - Animação -  2005 - 5' - Vídeo Clipe para Tom Zé  Roteiro, Direção e Arte
-2º colocado no concurso nacional da gravadora Trama – vídeo clipe oficial da música de Tom Zé – 2005
- Melhor Direção de Arte – II Universo Olhar Digital – Juiz de Fora, 2006

 * Alberico Procura  - Animação - 2005 - 5' - Trabalho Acadêmico - roteiro e direção de arte
- Melhor Roteiro - II Universo Olhar Digital – Juiz de Fora, 2006
- Menção Especial – II Festival Curta Três Rios - 2006

* Adivinha dos Peixes  - Animação -  2005 - 3' - Vídeo Clipe para Paulo Bi - Roteiro, Direção e Arte
- Melhor Filme - II Universo Olhar Digital – Juiz de Fora, 2006

-
3º colocado I ANIMASERRRA – Teresópolis, 2006 

  




Esperamos que tenham gostado! 

*Com exceção de "A História do João das Alfaces", todos as animações podem ser conferidas. Basta clicarem no nome de cada uma.

sábado, 3 de julho de 2010

Liene no Espaço Aberto




Há alguns dias recebemos a visita de uma leitora muito querida, a Natália que sugeriu que fosse elaborada uma entrevista com os administradores do Espaço Aberto. Ela nos enviou as perguntas e com todo carinho nos prontificamos a falar um pouquinho da nossa vida. Como somos cinco pessoas decidimos então fazermos  a postagem individualmente. Para não ficar aquele esquema de perguntas e respostas tradicional dividimos a entrevista em três partes: quem somos, sobre o blog pessoal e o Espaço Aberto.
Vocês não imaginam como é difícil escrever sobre a gente mesmo...rs Logo virão as entrevistas dos outros administradores. Aguardem!
E para inaugurar essa façanha ... aqui estou! 



Quem sou???



Liene Márcia de Oliveira Rezende


Mulher sensível, geminiana, brincalhona e muito romântica...
Sou mãe de duas pessoinhas maravilhosas que é o Fábio e a Luíza. Eles são minha alegria de viver e por quem procuro sempre ser uma pessoa melhor a cada dia.

Profissionalmente sou formada em Normal Superior, Supervisão Escolar e Docência do Ensino Superior. Atualmente leciono para uma turma de Educação Infantil pela rede municipal de  educação de Carmópolis de Minas.
Amo o que faço pois estou sempre em contato com a pureza das crianças. Com elas eu me identifico e me sinto bem pois não há coisa melhor do que o convívio com elas.



Sobre o blog Momentos...




A minha estréia no mundo da blogosfera aconteceu por acaso. Há uns dois anos fui convidada por um amigo jornalista a visitar o blog dele. Nessa época nem sabia do que se tratava ao certo o tal do blog...rs. Peguei o endereço e fui. Quando abri a página logo vi no cabeçalho que eu poderia criar o meu. Curiosa ao extremo  vocês já sabem no que resultou...rs.  O primeiro nome  do meu espaço era "Vivendo e aprendendo". Nem sabia direito o que escrever lá...rs
Depois de algum tempo mudei o nome para Momentos e o exercício da escrita tomou um gostinho muito especial na minha vida.
No Momentos tento escrever versos, prosas e algumas ideias que por vez ou outra transmitem algo mais que um simples amontoado de letras e não passam de uma atividade meramente confessional.

Também escrevo no blog Na ponta do lápis assuntos ligados à Educação, que é minha outra paixão. Quem quiser pode dar uma passadinha por lá também...
Mas o que considero mais importante  nisso tudo é oportunidade que tive de conhecer novos amigos e poder fazer parte da vida de cada um que passa pelo meu cantinho...

Agora vocês podem conferir no que resultou essa minha curiosidade... 



O Espaço Aberto em minha vida






O convite para fazer parte desse grupo surgiu através da Tatiana. Aceitei com muita alegria pois já tinha contato com ela através de seu blog Simplesmente Amor. Sou a caçulinha da turma, pois fui a última a entrar nesse projeto.

O blog Espaço Aberto tem uma proposta muito interessante pois se prontifica a dar espaço a todos os tipos de manifestações culturais e tornar possível a convivência harmoniosa entre as pessoas mesmo sendo através da  tela de computador.  Estamos desenvolvendo muitos projetos legais para tornar a interação entre os amigos cada vez melhor. Então fiquem de olho que muita coisa boa vem por aí...

Ao Élcio, Tatiana, Wilson e Sanzinha agradeço por fazerem parte da minha vida e tornarem meus dias mais agradáveis!

Peço sempre a Deus que abençoe e ilumine a vida de cada um de vocês.


Obrigada por tudo!!!







LinkWithin

Related Posts with Thumbnails